"SÍNDROME DE ROKITANSKY (MRKH)"

Espaço para divulgação, informação e apoio às portadoras de "SÍNDROME DE ROKITANSKY".
A participação de profissionais de saúde e familiares também é muito bem vinda.
Vamos juntos debater o tema, esclarecer dúvidas e aprender para tornar a descoberta e aceitação da Síndrome menos dolorosa.

14 de jul de 2015

TV MEXICANA SIMULA UM CASO DE SD DE ROKITANSKY


"Lo Que callamos Las Mujeres" é uma série/novela da Tv mexicana Azteca.  
Há mais de 10 anos no ar , o programa  aborda casos impactantes do universo feminino. Seu objetivo é ajudar mulheres encontrar soluções para  problemas do cotidiano.
Neste capítulo, o tema foi "Síndrome de Rokitansky".


Confesso que me peguei respirando fundo e com lágrimas nos olhos. 
A história de Sandra se confunde com as nossas em um ponto ou outro.
Nós sabemos exatamente como ela se sentiu diante do médico. 
Sabemos como é ter ao mesmo tempo a necessidade de ficar só e o desamparo de se sentir única. 
A vontade de por um ponto final,  dividida com a esperança de que a vida pode ser bem mais bela que isso. Experimentamos amores, decepções, desilusões.. .(e quem não as tem??? ) Até que encontramos as respostas e as soluções . 
Então descobrimos que a Síndrome pode nos classificar como 1 em 5000, mas nossas qualidades como pessoa faz de nós ainda mais RARAS : uma em um milhão!!
 
Preparem os lencinhos e boa novelinha! Vale a pena assistir!
Infelizmente não tem opção de legenda, mas com calma é possivel compreender os diálogos.


                    

2 comentários:

  1. Anônimo7/22/2015

    Lindo! Acho que vi minha historia ai!

    ResponderExcluir
  2. De una u otra forma uno ve reflejada su vida en estas historias pero para muchas no hay final feliz el solo vivir en un pais en el cual la medicina avanza a paso de tortuga y no es que no me sienta orgullosa de mi pais amo a mi patria pero estas situaciones me desbaratan a veces quisiera amanecer sin vida ver que mis amigas logran tener familia y yo dando explicaciones de por q no tengo pareja o aveces tratndo de sobrellevar los comentarios de que soy lesviana y por dentro de mi una voz silenciosa grita que no es asi que muero por tener a alguiej a mi lado pero nadie escucha ese grito

    ResponderExcluir